sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Doença de Kienböck e Síndrome do Túnel do Carpo

Fui acometida por duas doenças nos punhos direito e esquerdo chamadas:
Doença de Kienbock e  Síndrome do Túnel do Carpo.
Estou para fazer uma cirurgia e ficarei fora de circulação por algum tempo.
Deixo aqui, informações sobre essa doença .


Doença de Kienböck
É uma doença caracterizada por colapso do osso semilunar, localizado no punho, por alterações vasculares de causa desconhecida, ou seja idiopática. A maior incidência ocorre em homens jovens, sendo o quadro clínico demosntrado por dor e edema sobre o osso semilunar, diminuição da força da mão, seguida de diminuição da mobilidade na região acometida. A causa desta patologia, como já foi dito é idiopática, porém pode estar associada a um trauma passado, ainda obscuro, o que se conhece é somente a fisiopatologia, alterações vasculares.


Diagnóstico: Esta patologia pode ser diagnosticada através de um exame clínico, e de exames complementares como: Radiografia, ressonância magnética e tomografia computadorizada.





Manifestações clínicas:


As principais manifestações clínicas são a queixa de dor no punho, que pode se irradiar para o antebraço, a dor à palpação do semilunar, a dor à flexão do dorsal do dedo médio e a diminuição de força da mão. Os sintomas são de caráter progressivo, variando de acordo com a evolução da doença.

Tratamento:


Nos estágios iniciais estão aqueles pacientes classificados como I ou II de Lichtman. Como está identificado que a variância ulnar negativa contribui na gênese da doença, o tratamento inicial consiste nos procedimentos de alongamento da ulna ou encurtamento do rádio.


Os princípios gerais para os estágios intermediários seriam de prevenir a evolução da instabilidade carpal e aliviar os sintomas dolorosos. Para isso, são descritas técnicas de artrodeses intercarpais (triescafóide, escafo-capitato, capitato-hamato) e a artroplastia semilunar (com próteses de silicone ou enxerto autólogo de tendão). Existem ainda aqueles que, em vista dos resultados duvidosos desses procedimentos, optam pela simples artroplastia de ressecção do semilunar com objetivo de aliviar temporariamente os sintomas álgicos, sem interferir com a progressão do colapso carpal.


Por fim, a doença avançada requer procedimentos de salvação. Como a artrodese de punho, principalmente para os pacientes mais ativos; e a carpectomia proximal, tentando ainda preservar a mobilidade do punho.


Bibliografia :http://www.medcenter.com




A síndrome do túnel do carpo (STC) é uma neuropatia resultante da compressão do nervo mediano no canal do carpo



6 comentários:

  1. Kienbock.!!eu tenho,, estagio inicial, lichtmann 1, com variante ulnar negativa, fiz cirugia de encurtamento do radio há 10 meses,,

    ResponderExcluir
  2. eu tambem tenho,mais a minha estava no nivel 4 e fis cirurgia ha 8 meses..o problema é que nao consigo dobrar os dedos e nao tenho movimento no meu punho mais...

    ResponderExcluir
  3. Tenho KIENBOCK também, em estagio avançado. Vou fazer carpectomia mes quem. Se nao der certo vou fazer a artrodese.

    ResponderExcluir
  4. Ola, também tenho kienbock!

    Fiz a carpectomia a 3 meses mas ainda tenho dores. Vou precisar fazer a artrodese.

    ResponderExcluir
  5. tenho esta doença no estagio 4... gostaria de entrar em contanto com alguem que fez... estou com muito medo de continuar com as dores.
    denisebartosiak@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. EU TBEM TENHO ESSA DOENCA E VOU FAZER A CIRURGIA..MAS COMO TRABALHO COM COMPUTADOR GOSTARIA DE SABER SE ESSA DOENCA PODE ENCOSTAR NO INSS

    ResponderExcluir